Tags

, , , , , ,

“…Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.” Mateus 5.45 NVI

“O caminho do preguiçoso é cheio de espinhos, mas o caminho do justo é uma estrada plana.” Provérbios 15:19 NVI

Uma crise é uma mudança brusca ou uma alteração importante no desenvolvimento de um qualquer evento ou acontecimento. Essas alterações podem ser físicas ou simbólicas. Crise também é uma situação complicada ou de escassez.

O mundo sempre viveu em crise. Há diversos tipos de crise, e desde que tudo foi feito, todo o tipo de crise existe.

Os que têm acompanhado a situação política atual do Brasil, podem constatar que este país tem passado por crises. Mudanças por conta de escândalos de corrupção, impunidade, alta do preço de produtos e commodities  e tantas outras mazelas afligem a nação, e claro, o povo sofre. O atual cenário tem mudado dia após dia. Pais de família percebem ao ir ao supermercado. Aquilo que alguém comprava por preço “x” em certo dia, no outro o preço já é outro. Empresas recentemente, começaram a fazer cortes em seu quatro de funcionários.
Não estou comparando a atual época à mesma dos anos 80 e meados dos 90.
Mas não podemos negar: estamos passando por uma crise. E creio que ela vai se intensificar. Pra alguns seus efeitos poderão ser mais fortes, pra outros nem tanto. Mas, sim, nós brasileiros precisamos repensar nossas atitudes diante do cenário político e obviamente financeiro que está à nossa frente.

Se você é um cristão, você não está imune aos efeitos dela. A crise vem pra todos, sem excessão. Então, se você é um cristão, como eu, como poderemos passar por e sobreviver no meio destas mudanças bruscas? Não é meu intuito esgotar o assunto (e nem acho que seja possível), mas vamos em algumas linhas buscar responder esta pergunta. Vamos buscar ser objetivos, para não prolongarmos muito o texto.

1. Se você está trabalhando, continue e faça sempre o melhor;
2. Inove e seja criativo;
3. Comece a poupar, se não fez até hoje. Aliás, poupar sempre devemos fazer, não somente quando as coisas apertam;
4. Repense seu orçamento (eu comecei a fazer isso) – muitas coisas vão ser cortadas;
5. Se você costuma viajar todo ano, vá o item 4.
6. Se não está trabalhando, continue procurando. Há oportunidades mesmo em tempos difíceis.
7. Capacite-se. Tem muitos cursos bons, inclusive gratuitos e online.

Essas são instruções comuns a todos, crentes e não crentes, pois afinal ninguém está livre das lutas da vida, mesmo sendo alguém que é crente há anos. E mesmo que a adversidade vier bater um dia à porta, continue confiando em Deus, pois ele supre as necessidades. Eu disse: necessidades; e não caprichos.

Entretanto, há aqueles que infelizmente irão à alguma campanha para tentarem se ver livres das adversidades que possam surgir. Alguns tentam ungir carteiras de trabalho, carteiras – aquela que você guarda documentos, carro, casa, com medo – digamos a verdade, de perderem estas coisas e outras mais.
Amigo, isto não é fé cristã. Fuja disso. É macumba travestida de cristianismo.

Lembre-se de Jó, que, muito considerado por Deus, não deixou de passar por adversidades terríveis. A história dele está registrada pra mostrar que dias maus acontecem com todos, até com aqueles que servem a Deus.
A diferença é como viver neste tempo difícil. Se acontecer com você, permaneça firme e fiel ao Senhor, pois até mesmo nas lutas ele cuida de nós.
Nós gostamos muito de dizer o verso de Romanos: “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus”; sim, é verdade. Até mesmo as ruins.

Trabalho é bênção, portanto trabalhe. Continue confiando em Deus em qualquer situação. Afinal, Ele tem o controle de tudo, inclusive do atual cenário político e financeiro do Brasil.

Soli Deo Gloria
Anderson Alcides.

Anúncios