Tags

, , , , , , , , , , ,

dinheiro-facil-319x480Alguns anos atrás recebi um convite de um conhecido para participar de uma palestra. Após alguns minutos de explicação do que se tratava, topei. Lá fui eu então, num dia da semana – que não me lembro – às 19 horas no auditório de um hotel na cidade.

Após um longo período de palestra, ao término, o apresentador fazia o convite à todos os interessados. Quem quisesse poderia aderir ao plano, para começar a investir no negócio da empresa, ser um distribuidor dos seus produtos e começar a montar sua rede de negócios, que em pouco tempo e com uma pitada de dedicação – pois não seria necessário abandonar o atual emprego – o candidato poderia levantar um bom dinheiro e incrementar sua renda.

Dias se passaram e comecei a observar que este negócio começou a virar “febre”. Nas ruas, carros plotados, adesivados, fazendo propaganda de produtos ou serviços era o que mais se podia ver.

Nunca fiz parte destas redes, apesar de demonstrar interesse em conhecer um pouco mais, na esperança de que pudesse ser bom. Afinal quem não quer ganhar dinheiro? Todos nós temos contas a quitar. Alimentar nossos filhos e cuidar da família, não é mesmo?! O sentimento e a vontade são legítimos. Mas sempre tive um olhar do tipo: “Sei não, acho muito estranho isso. Parece ser muito fácil”.

Como diz o ditado: Onde há fumaça, há fogo.

Muitas empresas deste tipo perderam seus dias de “glamour”. O que era a galinha dos ovos de ouro tornou-se apenas, a galinha depenada que nem bota ovos como antes. O brilho se foi.

Muitas empresas têm sido alvos de investigação do MP, Polícia Federal e da Receita Federal. Realmente, algo não “cheira bem”.

Exemplo disto é a matéria no link http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/02/noticias/dinheiro/1406972-dinheiro-facil-na-internet-na-mira-da-policia.html

Meu intuito não é fazer uma matéria sobre estas empresas. Há bastante por aí. Porém, tenho notado que muitas vezes, muitos irmãos em Cristo têm entrado nesta seara buscando uma renda extra. Nada de mal nisto, como já expliquei acima.  Meu desejo aqui é lançar um alerta e oferecer outro prisma para alguns; a quem puder alcançar.

Minha opinião é que, todo método ou promessa de ganhar dinheiro sem “muito esforço” cheira à fraude e picaretagem. Para muitos cristãos, principalmente, é uma “porta que Deus” abriu para sua prosperidade.

Sempre recebi convites para participar de trabalhos similares, desde então. De “produtos para estética e saúde”, a vendas de serviços de “segurança financeira e previdência”. No início é uma “febre”, depois a “febre” literalmente esfria.

Tenho como opinião que todo lucro fácil é uma contradição à uma ordenança dada pelo Senhor a Adão e que estendeu para a raça humana:

[…] maldita é a terra por sua causa; com sofrimento você se alimentará dela todos os dias da sua vida. Ela lhe dará espinhos e ervas daninhas e você terá que alimentar-se das plantas do campo. Com o suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte à terra, visto que dela foi tirado; porque você é pó e ao pó voltará” – Gn. 3:17-19.

Alguns podem questionar que Deus pode fazer o que quiser; inclusive usar o “ímpio para abençoar o crente”. Com certeza, não há dúvida. Mas o Senhor nunca usaria e nem usará meios ilícitos e fraudulentos para fazer quem quer que seja prosperar. Deus é Justo e Santo acima de tudo.

Acredito sim que possa ser uma porta, mas não de Deus, e sim de mamom.

Aos irmãos que já entraram nestes negócios com promessas de ganhos e lucros altos e àqueles que desejam entrar, um alerta fica: Abram os olhos.

Pr. Anderson Alcides.

Anúncios