Tags

, , , , ,

No artigo recente Ler, fazer crescer. Dica Literária!, fiz menção do livro ‘O Livro dos Mártires’, que tem edificado minha vida e feito-me refletir realmente que tipo de cristão eu sou. Mas espantoso é que, incrivelmente nestes dias, vemos um relampejar de exemplos pelo mundo a fora, que, não titubeiam em dizer que pertencem a Cristo, deram suas vidas por Ele, como resultado também de uma vida de exemplo que pretendiam viver para os que conhecem e os que não conhecem a Jesus.

Abaixo, retransmito a notícia que vi no Púlpito Cristão. Consternou-me ao mesmo tempo que vibrei por ela.

Por: Vinicius Souza

Colorado (EUA) Columbine High School, 20 de abril de 1999. Treze pessoas (12 alunos e um professor) foram mortas por dois estudantes, do mesmo colégio, que entraram atirando sem algum motivo aparente, depois das execuções os 2 alunos de 17 anos cada se suicidaram, entre os adolescentes mortos estava Cassie Bernall, ela havia resolvido se crucificar naquele dia que até então seria somente mais um dia aparentemente normal. Na invasão repentina um dos atiradores com a arma apontada para os alunos perguntou: “Os que crêem em Deus fiquem em Pé”, Cassie se levantou(ela sabia o que a esperava) e foi indagada “Você crê em Jesus?”, com os olhos fitos e após um silêncio momentaneo ela respondeu: “Yes, I Believe” (Sim, eu creio). O atirador perguntou: “Porquê?” e antes que Cassie respondesse ele disparou a arma. Cassie Bernall tinha apenas 17 anos, e dois dias antes tinha gravado um vídeo com seus colegas da igreja onde fez a seguinte afirmação:

“Acho que a maneira que vou chegar no Reino é, sendo uma amiga leal, um bom exemplo para os não cristãos, e para os cristãos também. Tentando não me contradizer, me livrando de toda hipocrisia, e viver por CRISTO!“

Alguns dias após sua morte, a família de Cassie achou um bilhete sem data no qual ela, que havia se desviado anos antes de sua morte, escreveu ao se decidir de vez por Jesus: “Desisti de tudo o mais – descobri ser esta a única forma de conhecer realmente Cristo e de experimentar o imenso poder que O trouxe de volta à vida, e entender o que significa sofrer e estar com Ele. Portanto, seja qual for o custo, serei alguém que vive na alegre certeza de uma vida como a daqueles que ressuscitaram de entre os mortos.”

Assim foi a vida de uma adolescente que decidiu se crucificar para o mundo, uma adolescente que se preocupou em apenas agradar o coração de Deus, que pedia para ser usada, que tinha a presença Dele como mantimento e assim aconteceu. O testemunho de vida de Cassie Bernall impactou milhares de vidas em todo o mundo, várias pessoas aceitaram Jesus e milhões de outras se reaproximaram do evangelho, sua vida inspirou e inspira até hoje a fé das pessoas, na escola em que Cassie estudava vários Jovens começaram a buscar a Deus por causa de seu exemplo de vida. Ela resolveu subir a Cruz, “era a hora, era o momento, era a dança dela”. Foi curto, mas foi o tempo certo para ela mostrar a intensidade de Deus na sua vida com aquela atitude e uma simples frase: “Sim, eu creio”. Cassie Bernall foi homenageada pelo mundo afora e recebeu uma música em memória do seu ato escrita pelo cantor: “Michael W. Smith”, na música: “This your time” Cassie aparece no vídeo que tinha gravado com seus colegas da Igreja, dois dias antes do acontecido.

Se os antigos mártires da história cristã são um exemplo antigo pra você, acredito que Cassie seja então um mais próximo e ainda haverá mais exemplos como o dela no futuro, porque todos estes que entenderam a mensagem da cruz, morreram por algo eterno, Jesus vive!. “Céus e terra passarão mas a minha palavra não passará.”. Cassie Bernall desejou encontrar o noivo e foi atendida.

Obrigado Jesus.

(Fonte: Geração que vive)

Paz a todos,

Anderson Alcides.

Anúncios